Notícias

24.01.2018

Sisu registra mais de 1 milhão de inscritos no primeiro dia


Até às 19h do primeiro dia de abertura de vagas, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018 registrou 1.030.001 inscritos em instituições públicas brasileiras de ensino superior. Já o total de inscrições chegou a 1.961.150, isso porque cada candidato pode escolher até duas opções de cursos.

“Se compararmos com os processos anteriores, já visualizamos que alguns números alcançados superaram os de edições passadas. Isso considerando, sobretudo, a oferta de vagas, que foi a maior registrada desde o início do Sisu, bem como o alto número de candidatos habilitados a participar do processo seletivo, em torno de 4 milhões. Além disso, podemos destacar a boa estabilidade do sistema, que permite um processo seguro e eficaz”, destacou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

“Se compararmos com os processos anteriores, já visualizamos que alguns números alcançados superaram os de edições passadas", destacou o ministro Mendonça Filho (Foto: Mariana Leal/MEC)

As inscrições para o Sisu seguem até o dia 26 de janeiro e todo o processo deve ser feito exclusivamente pela internet. No site do Sisu (http://sisu.mec.gov.br/), o candidato precisa digitar o número de inscrição e a senha de cadastro usados no Enem 2017. Ao ingressar no sistema, ele deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar as opções durante todo o período de inscrição. Será validada apenas a última alteração confirmada.

Este ano são ofertadas 239.716 vagas em 130 instituições, sendo 30 instituições públicas estaduais: um centro universitário, sete faculdades e 22 universidades; 100 públicas federais, com dois centros de educação tecnológica, uma faculdade, 36 institutos federais de educação, ciência e tecnologia, e 61 universidades.

O Sisu é o ambiente virtual criado pelo Ministério da Educação para selecionar estudantes para vagas em instituições de educação superior com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Podem concorrer todos os que fizeram a prova em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação.

Assessoria de Comunicação Social